O casamento dos sacis Nilson e Cleópatra

Em abril de 2012, recebi uma mensagem via facebook do Nilson Antonio, que me chamava “na esperança que fosse o autor de Escola de Sacis”. Sim, era eu (rs). Ele estava interessado em comprar o livro, mas não achava em Santa Catarina. No mesmo período, a namorada dele, a Cleópatra Kanzier, também entrou em contato querendo saber como adquirir a “Escola”.

Então fiz um meio de campo com o Amilcar Mazzari, da Pandora, pra que o livro chegasse nas mãos deles, o que aconteceu em outubro (!!!) daquele ano. Ainda pelo facebook, Nilson me avisou que o livro chegou na casa da namorada, disse que ela estava lendo e adorando, e ele, por sua vez, estava ansioso pra ler.

Em 2013, Nilson me informou que estava fazendo um jornal em São Francisco do Sul e me pediu algumas tiras pro caderno criança, e assim Só Dando Gizada e Mundo Cão foram passear por lá até meados de 2015.

Pois bem, o tempo voa, e só o fato de saber que meu livro tinha chegado lá em Santa Catarina e duas pessoas bacanas tinham gostado dele já era algo que me deixava muito feliz. Mas acho que eu realmente não tinha imaginado o quanto o casal tinha gostado da obra, pois no último dia  5 de maio (de2017) a Cleópatra me chamou de novo no Face e me disse que ambos iam casar, e me pediu um presente: será que eu não poderia fazer um desenho de  um casal de sacizinhos apaixonados?

Fiquei honrado com o pedido, claro que ia atendê-la. Mas achei que dois sacizinhos genéricos não ia ser tão legal, talvez desse pra ir além. Caricaturas não são minha especialidade – levo horas, às vezes dias pra fazer algo decente – e charges caricaturadas, com aquelas caricas mais cartunizadas, também não, mas, puxa, era um presente de casamento. Então, primeiro, peguei a foto do casal do facebook dela (e dei uma olhada em algumas outras pra ver principalmente a altura dos cabelos dela).

foto_casal

O primeiro passo foi rascunhar a lápis, sempre levando em conta os traços principais do casal. O Nilsin eu acertei mais fácil, óculos, nariz, formato da cabeça mais fácil. Já a Cleopatra deu um pouco mais de trabalho, por causa dos cabelos e, bem, eu não gosto muito de desenhar dentes mais realistas e fiquei na dúvida de colocar ou não (rabisquei várias alternativas e não gostei de nenhuma, a deste rascunho deixa claro que não ficou bom MESMO…rs).

20170511_esboço.jpeg

Aí lembrei que meu traço é de humor e resolvi ficar com a linha sorriso único mesmo. A partir daí, arte final nos rostinhos (optei por olhos mais na linha mangá pra ela, pra ele só pontinhos pra destacar os óculos).

20170511_artefinal1.jpg

Depois, rascunho do corpo e nesta hora veio a ideia dos pezinhos do saci-Nilson e a saci-Cleo romanticamente se tocando – e também a consciência de que as mãos entrelaçadas não iam sair no improviso, era melhor dar uma estudada primeiro.

WhatsApp Image 2017-05-14 at 12.26.10 (1).jpeg

Arte final do casal, apaga borracha (maldita hora em que não estava com meu lápis azul no estojo) e pronto. Por incrível que pareça, levei uns 30 minutos no processo todo, achei que levaria bem mais, até porque não tenho me dedicado a desenhar nem um átimo do que gostaria nos últimos tempos.

WhatsApp Image 2017-05-14 at 12.26.09

Na manhã seguinte, me dediquei aos sacis (do tipo original) que complementariam a cena. Como a ideia era remeter ao livro, peguei a arte de meu mestre Bira Dantas como referência e este rascunho saiu praticamente de primeira.

20170512_saci_bambu_DC.jpg

Borracha – pois é, não lembrei de pegar o azul em casa – e arte final nele, pronto pra escanear.

Esvaneei, joguei pro adobe, pintei (usando inclusive os bons recursos de cor gradual, que o amigo Ricardo Quintana me ensinou em…bem, faz tempo) e aumentei a área de tela, porque enquanto estava fazendo a arte do saci abandonei minha ideia inicial de fazer um bambuzal e pendei em fazer um arco. Pra isso, “clonei” e inverti a arte pintada.

20170512_saci_bambu_cor_DC_RGB.jpg

Criado o arco, era hora de aplicar o casal, ainda em PB. O bacana de trabalhar com camadas é a possibilidade de ir mudando a posição de cada uma, “ajeitando” tanto o casal quanto o segundo conjunto de saci/bambu pra ficar onde eu queria.

20170512_casal_pb_DC_RGB.jpg

Tudo posicionado, era hora de pintar o resto do desenho, bem como de criar um chão integrando tudo, pra não parecer que o casal estava boiando no resto do desenho. Voilà.

20170512_casal_cor_DC.jpg

Gostei do resultado, mas confesso que fiquei um pouquinho ansioso quando passei pra Cleópatra. Será que ela e o Nilson iam gostar? Bem, a mensagem que ela me mandou na sequência dizendo que os dois amaram e com muitos coraçõezinhos, e o post no facebook me agradecendo e elogiando me fizeram desconfiar que sim (kkkkk).

Nilson e Cleópatra se casarão em agosto.  A Cuca já me falou que vai dar um jeito de orientar o Buffet pra que as comidas sejam A-MA-ZING e infelizmente minhas habilidades de teleporte não estão tão desenvolvidas pra eu dar uma pssadinha por lá, mas desejo a ambos muita felicidade e harmonia, e agradeço a chance de, de alguma forma, fazer parte de um momento tão importante das vidas deles.

 

Publicado em EscolaDeSacis | Marcado com , | 1 Comentário

Um boicote eterno…SDG422

20030331_sdg0422_seg_boicotepetroleo

A ideia desta tira surgiu junto com a da anterior. E pensar que eu já achava a gasolina cara nessa época, mal sabia o que viria…

Publicada originalmente em 31 de março de 2003

Publicado em Só Dando Gizada Reloaded | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Boicote democrático… ou não – SDG 421

20030330_sdg0421_dom_boicoteiraque

Quis deixar claro que a Niquinha não era contra os Estados Unidos e sim contra a guerra entre Tio Sam e Saddam Hussein. Então a ideia era fazer uma tira na qual ela boicotasse também produtos do Iraque, já que nas tiras anteriores tinha proposto boicote a produtos estadunidenses. Pensei então em pesquisar o que o Brasil importava do Iraque (se é que importava), pois aparentemente ninguém sabia e… ironicamente, este fato em si já renderia uma piada. Voilà!

Publicada originalmente em 30 de março de 2003

Publicado em Só Dando Gizada Reloaded | Marcado com , | Deixe um comentário

O boicote se amplia…ou não? SDG420

20030329_sdg0420_sab_protestoguerradicapprio

A ideia desta tira era mostrar que Niquinha também teria problemas ao radicalismo que ela mesma propôs na tira anterior. Certas ideias puxam outras e foi o que aconteceu neste caso, sempre lembrando que, como as tiras são em diárias e publicadas em jornal, e quem lê o jornal em um dia não necessariamente lê no outro, todo arco ou sequência tem que conter tiras que – por mais que se complementem e sejam mais divertidas lidas em série – também sejam independentes uma da outra e façam sentido/e divirtam se lidas individualmente. Esta foi publicada originalmente em 29 de março de 2003.

Publicado em Só Dando Gizada Reloaded | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Protesto contra guerra: boicote radical! SDG 419

20030328_sdg0419_protestoGuerra_MCDonalds.JPG

A ideia desta tira veio de um protesto real do qual fiquei sabendo: uma pessoa revoltada contra os EUA – o motivo não era a guerra, não lembro qual era – resolveu “boicotar” o McDonald´s  em um protesto individual (imagino que nem a franquia brasileira nem a economia americana dificilmente resistiria a este golpe desferido por um indivíduo…rs). De qualquer forma resolvi aproveitar a ideia na tira envolvendo os demais personagens num manifesto contra a guerra, mas com um final mais realista. Publicada originalmente no Correio Popular em 28 de março de 2003 (no dia 27 não houve tira publicada no jornal).

Publicado em Só Dando Gizada Reloaded | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

Nua contra a guerra – SDG 418

20030326_sdg0418_qua_protesto_guerra_sem_roupa

Em fevereiro de 2003, um grupo de 750 australianas fez um protesto inusitado contra Bush e Saddam Hussein. As moças tiraram a roupa e formaram com seus corpos em uma colina a frase “não à guerra” e um coração em volta dela. A guerra ainda não tinha começado, mas o protesto chamou muito a atenção e, em 26 de março de 2003, já com o conflito iniciado, Niquinha resolveu fazer um protesto igual. Para a decepção machista do Doug…rs.

Um detalhe que hoje acho estranho é que quis chamar a atenção pros mamilos da personagem , pra reforçar que ela estava pelada, e exagerei na doze. Acho que dois pontinhos mais discretos fariam mesmo efeito. Enfim, acho que foi o primeiro nu nas tirinhas do Correio Popular. Que orgulho! kkkkkkkkk

Publicado em Só Dando Gizada Reloaded | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Pesquisa: guerra EUA x Iraque – SDG 417

20030325_sdg0417_ter_euaxiraque_pesquisa_indeciso

Em 25 de março de 2003 a Guerra entre Estados Unidos e Iraque estava chamando a atenção do mundo e resolvi colocá-la nas tiras. A opinião da Niquinha aqui é a minha e resolvi brincar de uma vez só com o estilo Doug e com as pesquisas de opinião. Luís Fernando Veríssimo, que faz 80 anos hoje, tinha um personagem em sua tira Os Cobras que “interpretava” as respostas das pessoas que ouvia, mas por um viés de interesse próprio. No caso do Doug, é mais tosquice mesmo.

Publicado em Só Dando Gizada Reloaded | Marcado com , , , | Deixe um comentário