Geraldão chora a morte de Glauco

A pedidos, coloco esse aqui no blog. Quando ouvi a notícia da morte do Glauco e do filho dele, Raoni, no rádio, senti um nó no estômago gigante. Durante minha vida de jornalista, falei muito mais com o irmão dele, o Pelicano, do que com o Glauco em si, mas ainda assim tenho boa lembrança das poucas entrevistas e bate-papos com o pai do Geraldão.

Cheguei em meu escritório naquele 12 de março de 2010 e nem falar conseguia. Pensei em escrever alguma coisa, mas peguei a caneta no impulso e já me vi desenhando. Depois que desenhei entrei em contato com o amigo Sidney Gusman, que estava no metrô quando liguei, e sugeri a ele que chamássemos – ou convocássemos – todos os cartunistas para desenharem seus sentimentos em relação ao Glauco, o que resultou em uma homenagem bacana (http://universohq.blogspot.com/2010/03/um-tributo-ao-glauco.html )

Este desenho foi parar na capa do site do Estadão e em tantos outros lugares, mas tanto na época quanto agora é um desenho que me incomoda muito. Preferia não ter tido razão para fazê-lo.

Anúncios
Esse post foi publicado em Cartuns e Charges e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s