SDG49 a 56: Doug cria vida própria

Como jornalista, sempre que entrevistei alguns autores que me diziam que o personagem criava vida própria (Angeli foi um deles), sempre pensei que era uma frescura de criador ou algo que eu não estava sabendo interpretar direito. Até que veio esta sequência de tiras.

Minha prima Mariângela, que era professora de primário, me contou que um aluno fez a gracinha de “não poder ser punido pelo que não fez” na sala de aula, com ela. Isso inspirou a primeira tira. Mas quando joguei essa situação na tira, bem, o Doug não ia deixar ficar só naquilo. Ele ia ter que procurar resolver as coisas no jeito Doug.

Quando vi, eu tinha nas mãos uma sequência que me divertiu muito, introduziu na tira o diretor Rolando (com visual inspirado num personagem do Dilbert) e ainda finalizou em um estilo apoteótico que só mesmo o Doug proporcionaria. E de quebra entendi o que os autores diziam sobre os personagens criarem vida própria… Curta abaixo a sequência que foi publicada de 17 a 24 de março de 2002 e ainda me faz rir. Espero que faça você rir também!

Anúncios
Esse post foi publicado em Só Dando Gizada Reloaded e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s